Eflúvio Telógeno

As células da matrix do pêlo têm uma reprodução bastante intensa apenas inferior à da medula óssea; pode ocorrer por várias causas:

Pós-parto – o eflúvio telógeno pós-parto é frequente; de intensidade variável, pode persistir por meses; no final da gravidez ou após esta, por alterações hormonais grande numero de folículos pilosos passam da fase anágena a telógena.

Contraceptivos orais – a perda de cabelos é observada em duas ocasiões: a primeira durante a ingestão das pílulas, pelo potencial androgênico dos progestógenos; a segunda ocorre algumas semanas após a suspensão do contraceptivo.

Regime de emagrecimento – é frequentemente observado após regime de emagrecimento devido a própria carência alimentar ou eventualmente anorexígenos e drogas utilizadas no regime.

Deficiência proteica – deficiência de proteínas em má nutrição, gastroenterites, parasitoses e em regime de emagrecimento.

Deficiência de ferro – em mulheres com eflúvio telógeno pode haver deficiência de ferro.